Pages

Ads 468x60px

Publicidade

quinta-feira, 31 de maio de 2012

      
BIOGRAFIA DE MOACIR GADOTTI

Moacir Gadotti  nasceu em Rodeio, Santa Catarina, em 1 de outubro de 1941, é um dos mais respeitados educadores brasileiros. É licenciado em Pedagogia (1967) e em Filosofia (1971). Fez Mestrado em Filosofia da Educação na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP, 1973), Doutorado em Ciências da Educação na Universidade de Genebra (Suíça, 1977) e Livre Docência na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, 1986). Em 1991 prestou concurso para Professor Titular na Universidade de São Paulo. Foi professor de História e Filosofia da Educação em cursos de graduação e pós-graduação em Educação e Filosofia de diversas instituições, entre elas a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, a Universidade Estadual de Campinas e a Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Desde 1988 é professor na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, atualmente está aposentado por esta Universidade, após 46 anos de magistério, mas continua dando aula e orientação na pós-graduação.
Foi assessor técnico da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (1983-1984) e Chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de São Paulo (1989-1990), na gestão de Paulo Freire. Atualmente é diretor do Instituto Paulo Freire que ele ajudou a fundar em 1992, esse Instituto desenvolve inúmeros projetos de educação popular. Trabalhou na redação da Carta da Terra – tratado internacional que contém princípios éticos para a vida no século 21, e defende o uso dessa Carta nas escolas e universidades, para Moacir a Carta da Terra Internacional é um documento é uma ferramenta essencial para a transformação do mundo em um lugar justo e pacífico.
 Autor de muitos livros, inclusive em parceria com Paulo Freire, com quem estudou nos anos 70, na Suíça.
Possui um grande número de publicações em que desenvolve uma proposta educacional cujos eixos são a formação crítica do educador e a construção da Escola Cidadã, numa perspectiva dialética integradora da educação e orientada pelo paradigma da planetariedade.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Sample text

Sample Text

Sample Text